Como não cair em golpes no Instagram

Facebook
Pinterest
Twitter
LinkedIn

Os golpes no Instagram se tornaram extremamente populares entre criminosos nos últimos anos. As empresas de redes sociais, especialmente a Meta, parecem estar facilitando golpes nos quais malfeitores se passam por pessoas ou marcas consagradas.

Como nossas vidas digitais continuam a ganhar espaço em nosso cotidiano, os crimes digitais evoluíram para se tornarem mais convincentes. Portanto, aprender a identificar golpes no Instagram é essencial para todos os usuários da plataforma.

Leia também:

Veja como não cair em golpes no Instagram

Imagem: ashadhodhomei/Shutterstock

Apesar de o Facebook ter um problema maior com propagandas falsas, como o Instagram faz parte da mesma empresa, a Meta, a rede está seguindo o mesmo caminho. Na maioria dos casos, sites são criados, copiando lojas on-line legítimas, de modo que, quando as vítimas clicam em um anúncio falso, elas se sentem seguras para fazer a compra.

Além disso, vendedores inautênticos usam contas falsas no Instagram para induzir as vítimas a comprar produtos, muitas vezes de luxo, com grandes descontos. Nestes casos, é comum que usuários não recebam nenhum produto, mas, se de fato receberem algo em troca de seu dinheiro, geralmente será uma imitação de baixa qualidade.

Outras plataformas de ecommerce, como o Mercado Livre e as Lojas Americanas, possuem uma equipe para garantir que os produtos e lojas anunciadas sejam confiáveis, e garantem reembolso no caso de fraudes. Esse não é o caso das redes da Meta.

No Instagram, os anúncios são analisados apenas por algoritmos, e qualquer indivíduo pode criar uma conta para publicar e impulsionar seu conteúdo. Ou seja, não há nenhum controle sobre a genuinidade dos produtos anunciados na rede.

Fique atento aos sinais de golpe

Como não cair em golpes no Instagram | QG Criativo
(Imagem: Carles Mateo Águila/Shutterstock)

Uma das coisas que aumenta o apelo de anúncios falsos é o preço muito baixo. Sempre desconfie de promoções que parecem boas demais para ser verdadeou produtos com precificação discrepante do resto do mercado. Geralmente essa é a estratégia que criminosos usam para conseguir mais vítimas.

E, visto que não podemos confiar em todos os anúncios que aparecem no Instagram, é importante também verificar o perfil do anunciante. Antes de clicar no link da propaganda para efetuar uma compra, abra o perfil da publicação e confira se ele é oficial. Desconfie de casos em que o perfil não tenha selo de autenticidade, ou caso tenha poucas publicações e seguidores.

Além disso, muitas vezes, a interface de um site falsificado pode ser muito parecida com o site original. Por isso, observe se você pode encontrar uma sessão de comentários de outros clientes. Atente-se à gramática e conteúdo destes comentários, pois eles também podem ser fabricados por criminosos – desconfie de avaliações superficiais e muito parecidas.

Por fim, um outro fator para ficar atento é a URL dos sites falsos. Muitas vezes, o link do domínio pode divergir bastante dos sites oficiais, aparecendo com palavras ou nomes aleatórios. Na dúvida, utilize um buscador, como o Google, e procure diretamente pelo site oficial da marca com os produtos de seu interesse.



Fonte: / olhardigital.com.br

Picture of QG Criativo
QG Criativo

Agência de Marketing Digital

Outros Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.